FAQ

Que editores estão disponíveis?

Para edição online:

Existem dois editores que funcionam via browser: o iD e o Potlatch2

Aceder a https://www.openstreetmap.org/login?referer=%2Fedit%3Feditor%3Did

Iniciar sessão e escolher o editor pretendido:

editores

Para edição em desktop:

Existem dois softwares de edição que têm que ser instalados: o JOSM e o Merkaartor

O que é uma OSM Party?

Para incentivar e ajudar as pessoas a contribuírem para o OSM organizam-se atividades de recolha e edição em grupo.  Nestes encontros a ideia é Mapear mas também socializar e conversar. A troca de conhecimentos surge naturalmente.

Mas porquê todo este esforço?

Hoje em dia, é raro existir informação geográfica disponível de forma realmente gratuita. Quem quiser colocar um mapa numa página de internet, num livro, ou mesmo até num folheto publicitário, tem de se sujeitar a licenças comerciais (provavelmente dispendiosas) de empresas como a google ou o bing. O mesmo se aplica a instituições de investigação eou ensino que necessitam dos dados “crus”, em formatos que lhes permitam para efectuarem os seus estudos e análise, mas que para tal necessitam de adquirir licenças de dados proprietários. Quem compra dispositivos de navegação, paga um preço elevado para obter mapas digitais e as suas actualizações. Ainda assim, muitas vezes estes mapas encontram-se incompletos ou desactualizados. O OpenStreetMaps procura contrariar estas dificuldades, colocando o enfoque principal num consumo activo e colaborativo. Através da cooperação dos membros do projeto, criando uma base de dados geograficos livre, o mundo fica disponível para todos.

O que é o OpenStreetMap?

OpenStreetMap é um projeto fundado em 2004 com o objetivo de criar e disponibilizar dados geográficos gratuitos. Num espírito colaborativo, milhares de utilizadores de todo o mundo recolhem informação sobre estradas, edifícios, linhas de comboio, florestas, rios e muita outra informação habitualmente visível em mapas. Como os dados são recolhidos diretamente, e não copiados de outras fontes, não existem limitações na sua utilização, tornam-se um bem comum e livre, independentemente do objectivo final.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *